HOME  |   APRESENTAÇÃO  |   PALESTRAS  |   VÍDEOS   |   ARTIGOS  |   PARCERIAS   |   NEWSLETTER  |   CONTATO


     
 
 
     
 
                    

NÓS SOMOS A NOSSA EMPRESA  

 

No mundo competitivo em que vivemos hoje, sempre nos questionamos sobre qual a melhor maneira de administrarmos com excelência nossas vidas. Bem como, nossas finanças, relacionamentos... Dessa forma, constantemente buscamos uma fórmula para acertarmos mais, e errarmos menos, de maneira ética e racional. Mas, com os diversos fatores externos, como as dificuldades, as surpresas e as cobranças diárias, por vezes, nos encontramos “desequilibrados” sobre a linha que traçamos para alcançar nosso sucesso. Isso, porque devido a tantas contingências, nosso roteiro pessoal nem sempre procede como programado.

Cada vez mais as pessoas concluem que o conhecimento e a disciplina são fatores fundamentais para alcançar o sucesso e a sustentabilidade; e que para ser um profissional bem sucedido é necessário conhecer um pouco de tudo.

Daí surge uma interessante analogia:

PESSOA X EMPRESA

Com o passar dos anos, as grandes empresas, principalmente as multinacionais, conquistaram um alto nível de controle organizacional e administrativo. Fator que nos dá a idéia de que esses modelos de gestão sirvam como referência - não só para empresas menores, mas também para cada pessoa.

Qualquer um de nós pode se auto-administrar com excelência, como se fosse uma grande empresa, adotando em sua vida particular os mesmos valores relacionados. Podemos ir mais longe, afirmando que “não somos como uma empresa”. E sim, que somos de fato uma, e das grandes. Se analisarmos bem, essa é uma comparação simples.

Vejamos algumas das comparações:

- toda empresa tem departamento financeiro, nós também temos. Esta é a comparação mais tradicional. Devemos cuidar do nosso dinheiro com o mesmo rigor que uma corporação cuida de seu capital;

- departamento de marketing: um dos temas mais mencionados no mercado atualmente é a questão do marketing pessoal. Quando incorporado a uma pessoa, o marketing representa a administração de sua imagem, de sua apresentação, de sua postura, linguagem, abordagem, aparência, comportamento, atitude...
Esse é um tema bastante abrangente que vem norteando todo o mercado por meios de livros, artigos, matérias jornalísticas, treinamentos... E tanto empresas quanto pessoas requerem investimentos grandiosos nessa área; e

- o famoso RH. Departamento de recrutamento, seleção, benefícios e desenvolvimento de seus funcionários. Será que você está selecionando as pessoas certas para dentro de sua vida/ Será este um bom momento para demitir algumas pessoas e admitir outras/ E a sua auto-capacitação/ sua gestão de auto-desenvolvimento, físico e intelectual? Você repassa esse conhecimento para o seu próximo, assim como uma empresa proporciona ''expertise" às equipes? O RH é, sem dúvida, um departamento que devemos colocar como prioritário. Conhecer, aprender e ensinar são fundamentais para o aprimoramento humano.

Existem outros setores tradicionais e outros novos, que crescem cada vez mais nas corporações: um desses que é bastante polêmico é o de responsabilidade ambiental. Esta é uma causa em que muitas empresas ainda estão alinhando-se, assim como o ser humano.

Cada vez mais tanto um como o outro precisam de informação e conscientização sobre os cuidados com o meio ambiente, de forma que se deságüe uma cultura de maior praticidade e sustentabilidade. Nesse caso, a mídia está se posicionando mais e as indústrias que influenciam no processo de desgaste, estão assumindo suas responsabilidades. A cada dia a reeducação ambiental ganha evidência como setor de responsabilidade compartilhada, tanto nas indústrias quanto na vida pessoal de cada profissional.

Há outros núcleos dos departamentos já citados ou que funcionam de forma independente, mas, que também quando transpostos para o cotidiano humano são bastante poderosos, são eles:

- Planejamento estratégico (Devemos sempre no programar/ Criar metas individuais, sabendo por onde começar, prosseguir e onde queremos chegar);

- comercial (Vender bem nossa imagem é fundamental/Lembremos do conceito de marketing pessoal);

- programas de incentivo, benefícios sociais e qualidade de vida (criemos equilíbrio entre o nosso operacional particular e o profissional; não sejamos somente “trabalho”, cuidemos bem de nós, ninguém nos fará melhor);

- treinamento (treinemos, estudemos, pratiquemos, é a única maneira de se chegar próximo à perfeição);

- departamento de tecnologia (saibamos como o pólo-tecnológico pode nos ajudar no dia a dia/ Exploremos uma sensacional ferramenta de auto-capacitação chamada internet e usemos nosso celular de maneira qualitativa e não quantitativa);

- departamento de segurança (usemos as tecnologias disponíveis no mercado para garantir melhor nossa segurança e de seus associados.); e

- jornalismo (Cada vez que enviamos um currículo já estamos vendendo nossa imagem, assim como uma assessoria de imprensa vende tal imagem ao enviar um realise.)

Ao melhorar nossa administração pessoal, naturalmente isso refletirá positivamente em nossa vida profissional, beneficiando também os demais que estiverem por perto.

Portanto, lembremos do mais importante: nossa vida é uma empresa. Nela, cada um de nós é o presidente. Nós controlamos todos os departamentos, decidimos o planejamento, a estratégia, a apresentação, o tempo de dedicação para atingir cada objetivo. Só nós sabemos melhor do que qualquer concorrente de mercado quais são os números que desejamos alcançar.

E, por fim,nossa casa é a real matriz, onde a família e os "verdadeiros" amigos são nossos melhores conselheiros.

Portanto, recrutemos, formemos nossa equipe e capacitemos nossa empresa!

Daniel Lascani


 


Portal Instituto Lascani 2016. Todos os direitos reservados. A copia parcial ou integral infringe na quebra de direitos autorais. | AC Design.
Página Principal