HOME  |   APRESENTAÇÃO  |   PALESTRAS  |   VÍDEOS   |   ARTIGOS  |   PARCERIAS   |   NEWSLETTER  |   CONTATO


     
 
 
     
 
                    

FINANÇAS PESSOAIS 

 

Uma forte demanda econômica nacional e global, e a cultura do consumo excessivo, considerados fatores críticos em gestão, fazem com que, cada vez mais, precisemos administrar com excelência nossas finanças pessoais.

Este fatores podem nos levar à decisões precipitadas, como, por exemplo, gastar mais dinheiro do que deveríamos e poderíamos, ou ainda, fazermos um investimento errado.

Neste contexto, no Brasil, ''lutamos'' contra uma política de altas taxas de juros e impostos, onde, tal política, acarreta dificuldades em relação à nossa gestão financeira.

Este cenário cria conflitos entre o nosso campo social e o econômico: trabalhadores consomem mais do que o valor do salário que recebem, endividam-se mais do que poderiam e, os menos capacitados, chegam à falência.

Mais ainda, a cada dia um novo profissional toma ciência de que a melhor maneira de se crescer financeiramente no sistema em que vive é interessando-se pela "Economia", tanto pela economia nacional, quanto pela sua própria.

Assim, não há como se capacitar individualmente, sem conhecer as questões externas; é preciso alinhar as condições pessoais com as do mercado.

Nas indústrias, o tema ''finanças pessoais'' ganha evidência nos programas de treinamento, com objetivo de auxiliar as equipes sobre uma melhor administração de seus bens.

Ou seja, tanto pessoas como empresas estudam sobre melhores práticas financeiras, em busca de um alinhamento econômico entre si.

No entanto, existem duas ações distintas para uma gestão adequada de nossas finanças: a primeira, é fazer bons negócios; a segunda é administrar com êxito os bens adquiridos.

Na prática, percebemos que das ações vistas, somos, em maioria, mais motivados em fazer bons negócios, e, portanto, lucrar, do que em administrar com êxito, e assim economizar.

Sobretudo, todos temos o direito de, através do trabalho, conquistarmos nossa ''fatia" do "bolo" do mercado, e assim, conquistarmos nosso "Marketing Share Pessoal''.

Neste contexto, o que importa é não nos esquecermos de importantes palavras:


Ética e Honestidade / Disciplina e Atitude

Partindo deste princípio, temos sempre o direito e o prazer de lucrar e "economizar".

Daniel Lascani


 


Portal Instituto Lascani 2016. Todos os direitos reservados. A copia parcial ou integral infringe na quebra de direitos autorais. | AC Design.
Página Principal